LegaBlog

Home / LegaBlog

O que é o Inbound Marketing?

O inbound Marketing é uma estratégia focada em atrair, converter e fidelizar clientes. Conhecido como marketing de atração, ele se afasta de qualquer conceito tradicional de publicidade, pois nesta metodologia a forma como as pessoas se relacionam na internet é levada em conta, uma vez que, diante de novos hábitos de consumo, os usuários tomam a decisão de compra depois de realizarem muitas pesquisas.

Resumindo, o Inbound é a estratégia na os clientes vêm até sua empresa, atraídos pelas mensagens que são emitidas. A partir deste momento, a apresentação de soluções e transformação dos usuários em clientes e muitas vezes até mesmo promotores indiretos da marca.
 

Como surgiu o Inbound Marketing

Ele vem sendo praticado há bastante tempo por profissionais de marketing. Ao atingir o principal objetivo do marketing que é gerar conexões, oferecendo conteúdos relevantes, de publicar algo de valor, aos potenciais clientes e pode ser considerado Inbound. 

O termo passou a ser utilizado pelo cofundador da empresa Hubspot, Brian Halligan. 
 

Principais características do Inbound Marketing

Visto que o Inbound Marketing visa oferecer conteúdos que satisfaçam as dúvidas que o público apresenta, abrem-se as portas para um relacionamento mais próximo. Com isso conseguimos: 

- Uma comunicação aberta: onde a marca e cliente se engajam em discussões e iniciativas e a interação acontece constantemente. 

- Nada de interrupções: as mensagens da marca são distribuídas de forma contínua, nos momentos mais interessantes para os consumidores. 

- Engajamento: Depois de fortalecer a confiança entre marca e cliente, o engajamento é maior.
 

Os benefícios do Inbound Marketing

Além de alcançar um público maior, o Inbound permite alcançar o público certo! Pois uma estratégia bem elaborada permite que um grande volume de clientes entre em contato com a sua mensagem por de conteúdo. 

O nome Marketing de Atração não nasceu à toa. Por oferecer soluções, ao invés de tentar vender, cria-se um relacionamento de confiança, a partir daí, o público estará aberto a ouvir recomendações e dicas. 

Unindo todas as estratégias é possível deixar o ciclo de vendas, que é o tempo que uma empresa gasta desde o contato inicial até o fechamento da venda, menor.

Uma das grandes vantagens do Inbound é reduzir o tempo necessário para levar um consumidor a realizar sua compra, devido o consumo de conteúdos altamente relevantes e personalizados, que acelera a movimentação dos leads no funil de vendas o deixando mais próximo da etapa de decisão de compras, acarretando também na redução de custos operacionais, de aquisição e em qualquer ação adotada. 
 

Processo do Inbound Marketing
 

  1. ATRAIR

Conseguir tráfego qualificado é a regra número 1. Por isso, a primeira etapa da metodologia é fazer com que visitantes se tornem mais regulares e consumam os conteúdos por sua relevância.
 

  1. CONVERTER

Conseguir visitantes é bom, mas fazer com que eles convertam é ainda melhor, por isso, os conteúdos devem ser qualificados para transformar estes visitantes em oportunidades de venda reais. 
 

  1. VENDER

Depois de nutrir todos os leads, utilizando os conteúdos relevantes desenvolvidos, é necessário avaliar quem já está no estágio de fechar a compra. 
 

  1. ENCANTAR

Depois da venda o relacionamento permanece. Agora é hora de iniciar uma nova jornada, que visa encantar o consumidor a ponto de torná-lo um promotor da marca. 
 

Curtiu o conteúdo? que tal dar sequência assistindo ao vídeo que a Legatto desenvolveu, acesse nosso canal e confira: 

https://www.youtube.com/watch?v=u-1u9wA0rM4 

A vez da News

A Newsletter é um tipo de email informativo com disparos recorrentes que aborda diversos assuntos e geralmente apresenta as últimas notícias e destaques de um período. 

Sendo um dos formatos mais comuns de email marketing, a news é considerada um dos primeiros passos para a promoção de ações nesse canal. 

Continuar lendo

6 tendências para se reinventar após a pandemia

2020 foi marcado pela pandemia que alterou a vida e a rotina de muita gente. Quando falamos sobre o mercado digital, a dúvida que surge é: o que de fato foram as maiores mudanças? Quais serão os próximos passos a partir daqui?

 

As duas questões acima são muito pensadas, considerando o dinamismo e a imprevisibilidade de um mundo globalizado , que que algo que ocorre em uma parte do planeta, pode afetá-lo como um todo. Pensando nisso, percebemos o quão fundamental a comunicação é, ainda mais depois do home office, que se estabeleceu como um modelo de trabalho para grande parte das empresas. 

Continuar lendo