LegaBlog

Home / LegaBlog

Varejo on-line está em crescimento: saiba como surfar nessa onda

O e-commerce se tornou a grande referência para aqueles que desejam empreender no varejo com sucesso, principalmente nesses tempos de pandemia, quando a maioria das pessoas está comprando on-line. De acordo com a 2ª edição do relatório da Neo Trust, especialista em pesquisas na área, o e-commerce brasileiro cresceu 22,7% em 2019 em relação ao ano anterior.

O e-commerce se tornou a grande referência para aqueles que desejam empreender no varejo com sucesso, principalmente nesses tempos de pandemia, quando a maioria das pessoas está comprando on-line. De acordo com a 2ª edição do relatório da Neo Trust, especialista em pesquisas na área, o e-commerce brasileiro cresceu 22,7% em 2019 em relação ao ano anterior. Já em 2020, período completamente atípico com a pandemia do coronavírus, o crescimento foi de 56,8% nos primeiros oito meses do ano, comparativamente ao mesmo período em 2019. Se você quer aproveitar a tendência, confira esses 6 passos:

 

1.    Entenda o mercado e público-alvo

Pesquise se há um mercado realmente relevante e qual é o seu público-alvo. Não adianta, por exemplo, abrir uma loja de produtos de luxo em uma região mais popular, ou vice-versa. Analise que produto você quer vender, para quem e de que forma.

 

2.    Faça um planejamento eficaz

De acordo com o último levantamento do IBGE, de 2012, 60% das empresas abertas no Brasil quebraram em menos de cinco anos. O Sebrae aponta quatro principais motivos para isso:

  1. Situação do empreendedor, como desemprego, que leva a abertura do negócio por necessidade;
  2. Falta de planejamento; 
  3. Falta de capacitação para gerir o negócio; 
  4. Má gestão, que inclui falta de aprimoramento dos produtos e conhecimento de mercado.

Então, antes de abrir um e-commerce, estude seu mercado, qual será sua concorrência, seu diferencial e a sua solução. 

 

Planejamento é a palavra-chave. Vale lembrar que parte importante de empreender é conhecer o próprio público-alvo e a PERSONA - um personagem fictício para representar uma ideia do cliente ideal do seu negócio. Assim você poderá oferecer seus produtos de forma alinhada às necessidades dos seus potenciais clientes. 

 

3.    Garanta entregas de excelência; 

Qualquer vendedor, do mundo físico ou digital trabalha em prol do cliente. Então, para criar um e-commerce de sucesso, foque em garantir a satisfação do público. Porque, no final das contas, o que o consumidor precisa é que o produto chegue no prazo correto e com a qualidade prevista. Lembre-se da ‘propaganda boca a boca’: a melhor propaganda é feita por clientes satisfeitos.

 

No ambiente on-line, as avaliações de produtos e comentários de usuários têm uma força enorme e são consequências de entregas de sucesso, que incluem Produto, Logística e Atendimento. E este último faz uma diferença imensa! Mesmo que haja alguma falha com logística ou produto, garanta um atendimento dedicado que faça a diferença e encante o seu cliente. 

 

4.    Divulgação e conteúdo; 

Um e-commerce de sucesso está atrelado ao reconhecimento e a identificação do público. A construção desses dois pilares para alavancar a sua loja virtual se dá com boas estratégias de Marketing Digital, incluindo Marketing de Conteúdo e Marketing de Influência. Mas o que seria isso? 

O consumidor está cada vez mais exigente, sobretudo no comércio eletrônico: ele faz pesquisas, confere avaliações de produtos, a idoneidade da marca, e opta por aquelas com valores com os quais realmente se identifica. Aí entra o Marketing de Conteúdo: essa é uma estratégia de marketing totalmente voltada para a geração de conteúdos de valor para o cliente final. A ideia principal é que com artigos, e-books e outros materiais, você ajude o seu público, tire suas dúvidas e se torne uma autoridade no seu segmento. Já com o Marketing de Influência é possível criar uma conexão pessoal com os potenciais consumidores por meio de pessoas reais, também chamados de ‘influencers’. Essa estratégia tem o objetivo de usar um interlocutor, personalidade de autoridade na internet, para promover seus produtos. 

 

5.    Entenda seus resultados; 

É importante, desde a abertura do negócio, estruturar uma maneira de mensurar resultados. Taxa de conversão de vendas, custo de aquisição de cliente e tráfego orgânico são alguns dos números que devem estar no seu radar. E, mais do que olhar para eles, é preciso tirar insights, recalcular rotas e otimizar tempo e recursos para chegar onde você quer.

 

6.    Tecnologia e experiência do cliente.

Qualquer loja física precisa de uma estrutura para receber o seu público, que vai desde o espaço até uma decoração atrativa que destaque seus produtos. A loja virtual não tem tantos gastos, mas ainda assim precisa proporcionar uma boa infraestrutura para que o cliente tenha a melhor experiência possível. E como se faz isso? Confira alguns pontos.

 

Plataforma - Uma loja virtual é criada sobre uma plataforma, ou seja, a tecnologia que disponibiliza todas as ferramentas necessárias para seu e-commerce existir, desde o layout até as integrações com empresas de logística. Na hora de escolher a empresa para esse serviço, pense sobre suas necessidades de curto, médio e longo prazo, porque quando seu e-commerce começar a crescer, lá na frente, uma escolha ruim pode ser limitante.

 

Usabilidade - Um e-commerce de sucesso deve atender seus clientes com excelência onde eles estiverem. Crie uma experiência perfeita, principalmente para os que acessam sua loja pelo celular. Afinal, 66,8% das compras on-line feitas no Brasil são por meio de smartphones. (Dados: CDL e SPC Brasil). 

 

Meios de pagamento – Agora é preciso converter os acessos em vendas! Entra em cena como seu principal aliado o meio de pagamento. Formulários muito extensos ou sistema de redirecionamento podem fazer o cliente perder o interesse e a confiança na compra. Se possível inclua também diferentes formas de pagamento: boleto, cartão, Pix, etc. Dessa forma, o cliente pode escolher o que é mais vantajoso no seu planejamento financeiro. O meio de pagamento certo é decisivo para um e-commerce de sucesso, garantindo sua gestão de risco, taxas justas e segurança para realizar transações, por meio de uma solução antifraude.

 

Esses são os principais pilares para você fazer seu e-commerce decolar. Quer colocar mãos à obra? A Legatto dá aquela força. Fale conosco e empreenda no segmento digital sabendo onde está pisando. 

17/06/2022

Hero, Hub, Help: estratégia de conteúdo para + resultados

Os 3Hs (Help, Hub e Hero) são uma metodologia para gerar conteúdo de valor, de acordo com as fases do funil de vendas

Continuar lendo

10/06/2022

Sabe como gerar mais oportunidades de vendas? Marketing Digital!

Marketing Digital não se resume a seguidores e curtidas. Redes sociais e sites devem ser usados de forma estratégica

Continuar lendo